Sidel_Versatile_Aseptic_Combi_predis_FMac_1.jpg

A Sidel lança a versátil Combi predis asséptica

para produção de alta flexibilidade

A Sidel introduz a Combi Predis Asséptica, nova solução versátil para produzir assepticamente bebidas sem gás e refrigerantes em garrafas PET. Ela garante um grau alto de flexibilidade e produtividade de produção, além de contribuir para a redução de custos e a mitigação do impacto ambiental.

 

As diferentes expectativas do consumidor orientam a demanda por bebidas atualmente: um estilo de vida mais saudável levou ao aumento da demanda por bebidas refrigeradas e em temperatura ambiente com receitas mais naturais e sem o uso de conservantes. Além disso, os consumidores estão procurando uma variedade maior de sabores. A Sidel está introduzindo a nova Combi Predis Asséptica versátil para as grandes empresas do setor de bebidas terem certeza de que a embalagem protege tanto a sua bebida quanto a sua marca. Essa solução pode produzir uma grande variedade de bebidas com eficiência, garantindo maior flexibilidade, confiabilidade e integridade dos produtos. “Ao reduzir o custo total de propriedade e aprimorar a qualidade do produto final, a versátil Combi Predis Asséptica contribui para preservar a sustentabilidade do setor de bebidas”, explica Guillaume Rolland, vice-presidente de Produtos Sensíveis da Sidel. “Esta versão se beneficia de todas as vantagens práticas da plataforma aprovada da Combi Predis Asséptica da Sidel. Contando atualmente com mais de 100 referências internacionais, essa plataforma líder do setor já recebeu a aprovação da Food and Drug Administration (FDA) dos EUA e é validada para o processamento e distribuição de bebidas de baixa acidez no mercado dos Estados Unidos.

 

Produção asséptica flexível e aperfeiçoada

 

Adequada para bebidas sensíveis de alta e baixa acidez (como chás, sucos, leite UHT, leite de soja, etc.) em garrafas PET de 200 ml a 2 L, essa solução amplia a flexibilidade da produção asséptica para bebidas sem álcool gaseificadas e sem gás, com ou sem polpas, e com receitas mais naturais sem conservantes. O design modular da Combi Predis Asséptica satisfaz as necessidades dos produtores de bebidas modernos e abre portas para a introdução de novos produtos que se adaptam rápida e facilmente às tendências do mercado, o qual está cada vez mais imprevisível.

 

A mesma válvula de enchimento lida assepticamente com todos os tipos de bebidas sensíveis, dispensando trocas. A configuração de enchimento pode ser adaptada aos principais fatores de desempenho de produção exigidos pelos produtores de bebidas, trazendo duas variantes de válvulas de enchimento.

 

A Combi Predis Asséptica pode ser equipada com novas Pistas Múltiplas da Capdis™, o sistema de esterilização seca de tampas que opera com vários designs de tampas (planas ou esportivas) e diâmetros (de 28 a 38 mm) sem necessidade de troca manual de formato, maximizando ainda mais a capacidade de gerenciar uma ampla variedade de unidades de manutenção de estoque.

 

Uma solução integrada, segura, confiável e sustentável

 

A tecnologia descomplicada, segura e comprovada da Combi Predis Asséptica foi projetada para proporcionar máxima produtividade, eficiência e segurança por meio de um processo de sopro asséptico que dispensa a esterilização da sopradora, proporcionando trocas rápidas e seguras de produtos e formatos com o mínimo de intervenção manual para garantir uma produção asséptica contínua. A configuração versátil da máquina foi projetada como uma solução completa na qual foram integradas diversas inovações e patentes essenciais. O produtor de bebidas também tem a opção de acrescentar um carbonatador asséptico exclusivo: fácil de operar, graças à interface simplificada da Combi Predis Asséptica, o equipamento alcança um excelente desempenho em termos de integridade do produto, estabilidade e dosagem de CO2. O design do circuito do produto inclui uma válvula magnética de enchimento tecnicamente avançada que proporciona segurança alimentar e desempenho confiável. Para simplificar ainda mais, a pequena zona estéril e os fatores críticos mínimos podem ser gerenciados com eficiência e sem complicação. Além disso, a nova solução é sustentável e econômica, pois reduz a quantidade necessária de produtos químicos e água para sua operação.

 

 

 

Nota do editor: As imagens contidas neste documento têm caráter meramente ilustrativo e não devem ser usadas para reprodução. Se não estiverem anexadas cópias de alta resolução ao documento, entre em contato com Chris Twigger da Shaw & Underwood PR para solicitá-las (ver dados de contato abaixo).

 

  

Comunicado de imprensa para descarregar